5 dicas fundamentais de administração de condomínios

30/04/2018
Economia, conforto e segurança para condomínios e seus moradores

A administração de um condomínio não é uma tarefa simples: muitos itens para manutenção, atividades operacionais, gerenciamento de colaboradores, administração e contabilidade. Do mesmo modo, o síndico deve estar sempre atento e disposto a prover bem-estar e ótimo relacionamento entre os seus condôminos.

E para você não ficar perdido nesse trabalho, listamos no post de hoje 5 dicas para melhorar a qualidade da administração de condomínios, gerando economia e provendo mais conforto para os moradores. Descubra como a seguir!

Tenha paciência

A paciência é fundamental para todos os setores da vida, especialmente para desempenhar tarefas que envolvam as opiniões e necessidades de terceiros. Trata-se de prestar os serviços com ética, sendo firme e justo nas decisões, visando o que é melhor para o coletivo. Por isso, é fundamental sempre procurar soluções antes de achar culpados, principalmente em casos mais graves.

Outra dica é sempre comunicar com seus moradores sobre as regras do condomínio. Seja sempre equilibrado e sereno ao tratar com os condôminos sobre o que é certo e o que é errado quantas vezes for necessário.

Independente de qual for a situação, nunca tome atitudes no calor do momento. Ter calma te ajuda muito a administrar ocasiões que requerem sensatez.

Organize seu setor administrativo

Administrar finanças é algo complicado, principalmente quando você é responsável pelo financeiro de outras pessoas. Por isso, é preciso estar regular, ou seja, em dia com a parte financeira. Logo, deve-se acertar as seguintes pautas:

Salário dos funcionários;

Contas de água e luz;

Impostos e taxas;

Fornecedores.

Além do dinheiro, o administrador deve-se atentar sobre questões administrativas, como:

Redação de atas e circulares para registrar todas as decisões e acontecimentos do condomínio;

Representar o imóvel regularmente nos órgãos públicos e trabalhistas sempre que necessário;

Emitir boletos bancários das taxas de condomínio;

Selecionar e treinar funcionários para bom cumprimento das funções de zelo para com o prédio.

Contrate serviços para manutenção predial

As áreas comuns do prédio possuem uma série de detalhes a serem observados. O síndico precisa ter muita atenção na hora de contratar serviços para manter em ótimo estado esses espaços. Ele deve:

Acompanhar a execução de obras realizados no condomínio;

Treinar os funcionários para trabalhos de manutenção e uso de equipamentos de segurança;

Cotar empresas especializadas para serviços de manutenção.

No caso das obras, exija que a empreiteira identifique seus funcionários antes do início dos trabalhos. Solicite que cada operário use crachá com foto e alerte aos porteiros que deixem entrar somente pessoas devidamente identificadas para a segurança dos moradores.

Conte com assistência jurídica e contábil

O condomínio deve contar com o respaldo de um advogado e um contador para que o administrador evite quaisquer problemas em relação ao setor jurídico quando for representar o prédio.

Do mesmo modo, a assistência jurídica é fundamental para recolher, de forma justa, os encargos sociais como INSS, FGTS, PIS e contribuição sindical. Também auxiliam na prestação das guias do CAGED e RAIS para a Receita Federal e Ministério do Trabalho.

Prestação de contas

É obrigação do administrador prestar todas as contas do prédio. Essa prática deve ser obrigatória e periódica. O síndico deve ter tudo organizado e transparente para os moradores. Assim é dever ter:

Caixa emergencial ou fundo de reservas, nunca deixando-o no vermelho;

Propor soluções para acabar com a inadimplência dos moradores;

Realizar pelo menos 3 tipos de orçamentos antes de realizar algum tipo de serviço no prédio;

Solicitar sempre Nota Fiscal ou recibo, em casos de contratar uma prestadora de serviços ou comprar qualquer coisa.

Síndico: uma tarefa para poucos

Se você é síndico, tenha orgulho do seu papel. Por mais que seja uma função cheia de desafios, o administrador é responsável pelo patrimônio de muita gente bem como o bem-estar de todos os moradores.

Com as dicas que aqui apresentamos, você pode ter certeza de que seu imóvel será um dos melhores lugares para se viver.